• Mason Trucks

Quais os principais cuidados com o sistema de freios de caminhão?

O sistema de freios de caminhão é um dos componentes mais importantes do veículo. Por isso, é essencial que as peças que ajudam a compor esse conjunto apresentem boas condições e passem por uma manutenção preventiva para evitar riscos de acidente e garantir a segurança no trânsito.


De acordo com a pesquisa realizada pelo Instituto Scaringella Trânsito, cerca de 30% dos acidentes graves poderiam ser evitados se os caminhões tivessem a sua manutenção em dia.


Assim, a falha nos freios do caminhão é um dos principais problemas mecânicos que causam acidentes no trânsito. Por isso, preparamos esse artigo para fornecer dicas sobre os cuidados com o sistema de freios de caminhão e realizar a manutenção no veículo.


Aproveite todas essas informações para esclarecer as suas dúvidas e boa leitura!

Como funciona o sistema de freio pneumático do caminhão Volkswagen?


O sistema de freio pneumático é considerado mais eficiente que o sistema hidráulico. Ele apresenta diversos componentes responsáveis pelo controle da pressão e por distribuir o ar a cada circuito do sistema.


A análise inicial que deve ser feita para identificar o funcionamento do sistema pneumático é realizada no painel de instrumentos. Nele é encontrado o manômetro que ajuda a identificar a pressão dos freios com os dois ponteiros que indicam a pressão dos circuitos primário e secundário.


Apesar do veículo estar desligado, a pressão do circuito pneumático não poderá ter queda. Se isso ocorrer é um sinal que o sistema de freios de caminhão apresenta ponto de vazamento e que deve ser tratado.

Principais cuidados com o sistema de freios de caminhão


O sistema de freios de caminhão é considerado um complexo e envolve diversas peças. Por isso, a forma como deve ser realizada a manutenção e os consertos é crucial para que o veículo tenha um bom desempenho e atue de forma produtiva, segura e econômica.


Fique atento aos cuidados que você deve ter com os freios do caminhão:

  • Revise a lona e o tambor de freio

A lona e o tambor são os principais componentes do sistema de freios de caminhão. Dessa forma, a revisão deve acontecer com frequência, pois o desgaste desses componentes pode gerar falhas na frenagem e o superaquecimento do sistema que acaba se prolongando até os pneus do caminhão.

As lonas de freio, por exemplo, atuam garantindo a fricção que, posteriormente, vai ativar a parada do caminhão. Quando ela começa a se desgastar, a eficiência dos freios vai ser reduzida e as frenagens terão atrasos.

  • Preserve as pastilhas de freio

As pastilhas ajudam a envolver o sistema de freio e essas peças atuam junto com o mecanismo de frenagem, quando o motorista faz o acionamento do pedal.

Nesse contexto, quando o motorista escutar algum barulho cada vez que acionar o sistema de freios de caminhão deve ficar atento, pois trata-se de um problema com as pastilhas e elas devem ser trocadas.

  • Avalie o assentamento da sapata de freio

O assentamento da sapata de freio é um item essencial para a eficiência do sistema de freios de caminhão. O motorista deve ficar atento também tanto neste item quanto aos outros que fazem parte dele.

Por isso, preste atenção na forma como o freio reage à ação do motorista. Se ele demorar a responder, a sapata pode estar com problemas e precisa ser avaliada pelo mecânico.

  • Use o freio motor

É importante não trafegar com o caminhão na “banguela”, sem nenhuma marcha engrenada. Além de ser perigoso, exige mais dos freios dos veículos e não contribui para a economia do combustível.

Use o freio motor, ele é uma forma de manter o controle do caminhão e assegurar a estabilidade, principalmente nas descidas. A partir do momento que a marcha está engrenada, o motor ajuda a evitar que o caminhão realize a aceleração de forma desgovernada e mantenha a velocidade constante.

Assim, você vai usar menos o freio e aumentar a vida útil do caminhão.

  • Verifique os fluidos de freio

Os fluidos de freio tem como principal objetivo fazer com que a força aplicada no pedal (quando o motorista faz a pressão) seja transferida para as pastilhas e sapatas de freio.

Quando a transferência é realizada, o veículo vai desacelerar de forma gradual e parar de forma completa.

Fique atento! Quando os fluidos não estão com boa qualidade ou se estão em pouca quantidade, o funcionamento do veículo e o sistema de freios de caminhão poderão ser prejudicados. Eles são caracterizados pela baixa compressibilidade e um alto ponto de ebulição que reflete na eficiência da frenagem.

Inclusive, é importante identificar em quais momentos a reposição ou troca dos fluidos será necessária. Veja algumas dicas:

  • Cor do fluido

Se o líquido estiver com uma cor opaca e escura, como os tons de marrom ou preta, é a hora ideal de fazer a drenagem do fluido e realizar a sua troca.

  • Quantidade de fluido

No caso do tanque de armazenamento se encontrar quase vazio, é necessário fazer a reposição do fluido. Se os freios do caminhão ficarem desidratados, os barulhos e chiados surgem e são sinais que a peça está em um estado ruim.

Para verificar tudo isso é necessário fazer a avaliação periódica dos freios.

A importância da revisão preventiva no sistema de freios de caminhão


A manutenção preventiva de caminhões consiste na identificação de sinais de que um problema pode ocorrer no veículo. Por isso, é importante realizar revisões com frequência para ser observado o desempenho das peças.


Ele é uma alternativa rápida e econômica quando levamos em consideração o custo-benefício.


Entretanto, quando não se tem a preocupação em realizar as manutenções, os riscos de acidentes e os gastos são maiores.


Ao longo do tempo, os sistema de freios de caminhão foram se aperfeiçoando e o uso da tecnologia exige uma necessidade maior que seja feita a manutenção preventiva do sistema para evitar falhas e garantir o funcionamento seguro do veículo.

Pratique a direção defensiva e ajude a cuidar do sistema de freios de caminhão


A forma de dirigir pode fazer com que os freios se desgastem antes do tempo. Por isso, é importante usar as técnicas de direção defensiva. Elas contribuem para reduzir o desgaste dos freios, prolongar a vida do conjunto mecânico do veículo, além de promover a segurança do condutor.


Inclusive, os motoristas das frotas de caminhão devem ter o compromisso de zelar pela qualidade dos freios do caminhão. O uso incorreto prejudica a conservação da frota e gera gastos desnecessários.


É essencial que o motorista fique atento e pratique a direção defensiva, porque a forma como são realizadas as freadas e acelerações vão condicionar a qualidade do sistema de freios de caminhão.


Portanto, esperamos que você tenha esclarecido suas dúvidas sobre os principais cuidados que você deve ter com o sistema de freios de caminhão e tenha percebido o diferencial do sistema de freio pneumático para o sistema hidráulico.


Quer dar uma revisada no sistema de freios do seu caminhão? Nós temos uma equipe capacitada para fazer as manutenções que seu caminhão precisa.


Faça o agendamento dos serviços de manutenção e garanta uma assistência técnica eficiente para solucionar os problemas do seu caminhão.

8 visualizações0 comentário