• Mason Trucks

Trocar o caminhão: qual é a hora certa?

Atualizado: 16 de Out de 2018


Um caminhão zero-quilômetro quase não exige reparos frequentes e manutenção, o que gera economia e produtividade ao seu empreendimento, aumentando os lucros

Trocar o caminhão não é uma decisão fácil. Afinal, em meio a tantas dúvidas, existem diversos fatores que contribuem para que a decisão em comprar um veículo novo seja realmente acertada.


Dentre eles, é quando a relação custo-benefício passa a ser desvantajosa para o proprietário. Além disso, outros fatores devem ser analisados para essa tomada de decisão. Desse modo, listamos alguns pontos de destaque para levar em consideração sobre o momento certo de trocar o caminhão. Continue a leitura:


Quais são os fatores determinantes para trocar o seu caminhão?

Existem várias causas que evidenciam o momento em que está na hora de o caminhoneiro trocar o seu caminhão.


Segundo a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), mais de dois milhões de caminhões circulam no Brasil. Quase metade desses veículos tem, em média, 18 anos de fabricação.


A frota, considerada velha pelo órgão, gera prejuízos para o caminhoneiro. Segundo a pesquisa da ANTT, esses veículos nem sempre passam por manutenção preventiva, poluem mais e costumam se envolver em muitos acidentes - muitas vezes motivados por falhas nos freios e pneus.


Nesse sentido, se as visitas à oficina se tornarem frequentes e seu caminhão tem ficado mais parado em conserto do que em uso, talvez seja o momento de substituir seu antigo companheiro de estrada.


Em geral, os gastos com manutenção em um veiculo que apresenta muitos problemas tende a ser maior. Assim sendo, investir esse dinheiro em um veiculo novo seria mais vantajoso.


Um zero-quilômetro quase não exige reparos frequentes e manutenção, o que gera economia e produtividade ao seu empreendimento, aumentando o lucro.


Além disso, seu rendimento com fretes pode aumentar de forma consistente, uma vez que algum cliente possa demandar algo serviço que precise de cargas maiores do que seu veículo é capaz de transportar. Para não perder negócios, a troca de caminhão pode ser a melhor solução.


Por fim, verifique sempre a quilometragem de seu caminhão. A quilometragem alta é um indício de que está chegando a hora de aposentar seu velhinho. Quanto maior o hodômetro, maior o desgaste do caminhão. Nesse cenário, as chances de acontecer alguma falha nos componentes se torna mais propensa.


Importante ressaltar que quanto mais rodado for o veículo, mais difícil será revendê-lo. Por consequência, seu poder de negociação será menor.


Novas tecnologias são necessárias

Com o avanço da tecnologia, os fabricantes estão investindo cada vez mais em seus veículos. Mais modernos, os novos caminhões dispõem de sistemas mais econômicos, que emitem menos poluentes e com diversos dispositivos que facilitam a rotina dos caminhoneiros.


Conquanto, além do conforto, o motorista acaba desfrutando de um produto mais sofisticado. Ao mesmo tempo, com um mercado competitivo, ter um caminhão que apresente ferramentas tecnológicas é um diferencial.


Alguns caminhões dispõem de programas que armazenam informações importantes como o tipo de carga em que motorista está levando, prazos de entrega, data de validade da carga e local de armazenamento.


Outro sistema interessante é o rastreamento, muito utilizado pelas empresas. Eles permitem inibir roubos e furtos, acompanhar a viagem do motorista, prestar assistência rápida e ainda rastrear a carga ou caminhão, caso ele seja roubado.


Faça uma conta detalhada

Se sua opção é realmente investir em um novo caminhão, é primordial que você tenha na ponta do lápis todas as despesas que se juntarão com a compra, tais como emplacamento; licenciamento anual; IPVA; seguro DPVAT; seguros contra roubo, colisões e demais sinistros e multas de trânsito.


Quando vender seu caminhão, acesse a tabela Fipe e faça uma estimativa de quanto ele vale. Lembre-se, ainda, além do interior, de cuidar do exterior do seu veículo. Com o passar do tempo, naturalmente o caminhão perde sua aparência de novo, o que deixa de ser um estímulo para quem for comprar.


Quanto mais preservado estiver o veículo, maior será o alcance no valor da revenda.


Não se afobe

Em conclusão, ao optar por um novo caminhão, seja racional. Não se afobe.

A compra de um caminhão envolve um investimento muito grande. Diante disso, é preciso pensar com maior seriedade e pragmatismo para não fechar um mau negócio.


Não há dúvidas que um caminhão novo pode contribuir, e muito, para o crescimento de seus rendimentos e ajudá-lo a se tornar um profissional de sucesso. Faça uma planilha e avalie se o preço do caminhão cabe em seu orçamento.


Líder no vendas no Vale do Aço, a Mason Trucks conta com um catalogo de caminhões com o que tem de mais moderno no mercado. E o melhor, com várias vantagens e descontos. Entre em contato com nossa equipe e faça uma avaliação.

Não se esqueça de seguir nosso blog e nossas redes sociais. Fique dentro de todas as novidades no mercado de caminhoneiros: Facebook, Instagram e LinkedIn! Até a próxima.

0 visualização

Venha nos visitar!

E SAIA DIRIGINDO UM MAN-VOLKSWAGEN SOB MEDIDA PRA VOCÊ!

Governador Valadares - Avenida Rio Bahia, nº 2241, Bairro Vila Isa  

Tel: (33) 4042-1955

Coronel Fabriciano - Avenida Presidente Tancredo de Almeida Neves, nº 4259, Bairro Caladinho

Tel: (31) 2942-1817

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco